Menu Principal


Pontos Turísticos

voltar

Igreja de Nossa Senhora de Fátima


No ponto mais alto de uma elevação de terra, do que talvez ontem fosse um monte coberto de extensa vegetação, ergue-se, majestosa, em suas linhas imponentes, a bela e graciosa Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

De qualquer dos quadrantes daquela enorme área verdejante e de casas residenciais que rivalizam com as congêneres da Aldeota, divisa-se o templo que, sob a invocação de Nossa Senhora de Fátima, e ostentando no frontispício o terço que, à noite. Pode ser divisado de longe, como sinal, lembrança ou emblema da arma que a própria Senhora recomendou aos cristãos, é um monumento vivo da fé de um povo.

Para que se entenda o porquê da existência da Igreja de Fátima é preciso recuar no tempo, aos idos de 1952, e até antes, ao ano de 1946, ao mês de abril, quando o Conselho Internacional da Juventude Católica Feminina de Portugal aventou a hipótese de uma imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima partir da Cova de Iria e viajar por toda a Europa, ainda sangrando pelos fatos recém-ocorridos na última grande guerra.

A idéia lançada naquela modesta reunião de senhoras tomou corpo, talvez veladamente favorecida pela intercessão da própria Mãe de Deus.

E assim, no dia 13 de maio de 1947, saindo da Cova da Iria, onde a Senhora aparecera aos três pastores, dá-se inicio à peregrinação, à frente a belíssima imagem de Nossa Senhora, a qual foi oferecida pelo Bispo de Leiria, e esculpida de conformidade com a descrição de Lúcia.

Fonte: http://blogsantuariodefatima.blogspot.com.br/p/historia-do-santuario.html

Clik no link abaixo para a Localização:

Igreja de Nossa Senhora de Fátima


Rodapé